segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Frustração parte 2: Brasil fica no 0 x 0 contra Iraque e deixa campo sob vaias


O roteiro parecia que seria diferente. Após deixar o campo sob vaias no empate diante da África do Sul, na última quinta-feira (4), a seleção brasileira voltou ao campo do Mané Garrincha neste domingo (7) e foi recebida com festa e aplausos. Mas a hostilidade do torcedor brasiliense se repetiu, assim como a incapacidade do Brasil de fazer gols e o consequente empate em 0x0, desta vez, contra o Iraque. 
Na próxima rodada, a equipe de Rogério Micale encara a líder do grupo, Dinamarca, precisando desesperadamente da vitória para seguir em busca do inédito ouro olímpico.
O Brasil começou o jogo bem, partindo para cima do Iraque. Logo no primeiro minuto, Gabriel Jesus teve boa oportunidade, mas o goleiro Mohammed Hameed defendeu. Poucos segundos depois, o atacante do Palmeiras cruzou rasteiro, mas não encontrou ninguém para empurrar para o gol.
O capitão Neymar também teve boas chances. Aos 20 minutos, bateu por cima da meta. Aos 30 cabeceou para fora. Aos 41, parou na barreira ao cobrar uma falta na entrada da área. A melhor jogada do craque do Barcelona, contudo, foi aos 27 minutos, quando ele chutou e, no rebote, Gabriel marcou, mas, como estava impedido, o árbitro invalidou o gol.
A única boa finalização da fraca seleção do Iraque veio aos 10 minutos de partida, quando o goleiro Weverton saiu errado e Abdul-Raheem cabeceou com perigo. O zagueiro Rodrigo Caio chutou a bola para longe da linha e salvou a seleção brasileira de tomar o primeiro gol.
Após descer para o intervalo vaiada, a seleção voltou com mudanças. O técnico Rogério Micale apostou numa formação ofensiva e promoveu a entrada do atacante Luan no lugar do meia brasiliense Felipe Anderson. A alteração, no entanto, deixou alguns buracos no meio de campo e, com apenas seis minutos do segundo tempo, Micale tirou Gabriel Jesus - que deixou o campo sob fortes vaias da torcida - para colocar o meia Rafinha Alcântara.

Mas nenhuma das substituições pareceu surtir efeito. Mesmo com novas boas oportunidades, o Brasil não conseguia chegar ao gol. Aos 27 minutos, Neymar bateu mais uma falta, mas a bola saiu após desviar na barreira. Thiago Maia chutou forte aos 32, mas o goleiro espalmou para fora. Houve tempo ainda para uma terceira troca. O lateral Douglas Santos saiu para a entrada do também lateral William. 
A um minuto do fim do tempo regulamentar, o mesmo William chutou para fora. Já na prorrogação, Renato Augusto, sozinho, chutou por cima do gol vazio, sacramentando o novo empate.
No fim do jogo, as vaias da estreia reapareceram. Mesmo durante a partida, a seleção já era alfinetada com gritos de "olê, olê, olá, Marta". 
Agora, a seleção brasileira viaja para Salvador, onde enfrenta a já líder do grupo A, Dinamarca nesta quarta-feira (10), pela última rodada da primeira fase. Já o Iraque pega a África do Sul, última colocada do grupo, em São Paulo.

0 comentários:

Postar um comentário

MENSAGEM DE GRIMALDI E FAMILIA

MENSAGEM DE GRIMALDI E FAMILIA

Patrocinador

Patrocinador
Teodoro Guincho. Assistência 24 horas. contatos: (84) 9 9965 - 1032/ 9 9425 - 0377

Patrocinador

Patrocinador
Terra-Bit

Total de visualizações

Arquivo do blog

Seguidores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *