sábado, 2 de abril de 2016

Reportagem Especial: Neste sábado, (02 de abril), faz 11 anos que morreu um verdadeiro "homem de Deus", O Papa João Paulo II



Com o auxilio de informações colhidas junto ao site oficial do vaticano, sede oficial onde o líder maior da igreja católica (O Papa) reside, nosso blog produziu uma matéria especial sobre os 11 anos da morte de um dos grandes "homens de Deus" que viveu para servir ao povo através do seu pontificado, um homem que foi capaz até de perdoar um homem que tentou tirar sua própria vida. Estamos falando do Papa João Paulo II, ou popularmente "João de Deus, alcunha que recebeu quando de sua última vinda ao Brasil e que fora adotada por cristãos católicos de todo o mundo.

Nesta matéria que produzimos, não por sermos católicos e estarmos tentando fazer proselitismo religioso, mas, o objetivo primordial é não deixar "morrer" na memória das pessoas a vida terrena de um grande homem que viveu seu pontificado buscando a paz e a igualdade entre os povos do mundo. "homem de Deus que teve sobre si atribuídos a obra de milagres de cura em pessoas simples pelo mundo, O que culminou com o reconhecimento do vaticano que lhe conferiu o grau de santificação, sendo agora chamado de São João Paulo II.

Era dia 2 de abril de 2005, véspera do Domingo da Divina Misericórdia – assim como o dia de hoje. Naquela noite, os olhares do mundo todo se voltaram para o Vaticano, quando o então Papa João Paulo II partiu para a casa do Pai.
O Papa polonês, que liderou a Igreja Católica por 26 anos e 5 meses, ficou conhecido como o “Papa peregrino”, defensor das famílias, amigo dos jovens e foi quem, no ano 2000, instituiu a Festa da Divina Misericórdia.
Ele faleceu às 21h37, horário em que, para a Igreja, já era celebrada a liturgia do domingo seguinte, ou seja, a festa instituída pelo mesmo Pontífice em honra à misericórdia divina, conforme o próprio Jesus Cristo apresentou à também polonesa Santa Faustina Kowalska.
Poucos minutos após o falecimento, Dom Leonardo Sandri, que na época era o Substituto da Secretaria de Estado da Santa Sé, anunciou a notícia para as milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro e ao resto do mundo, que acompanhava as últimas horas do Pontífice através dos meios de comunicação.
Desde aquela noite até o dia 8 de abril, dia em que foram celebradas as exéquias do falecido Pontífice, mais de três milhões de peregrinos homenagearam o Papa polonês, permanecendo inclusive 24 horas na fila para poder entrar na Basílica de São Pedro.
Em 28 de abril, Bento XVI dispensou o tempo de cinco anos de espera após a morte para iniciar a causa de beatificação e canonização de João Paulo II. A causa foi aberta oficialmente pelo Cardeal Camillo Ruini, Vigário Geral para a Diocese de Roma, em 28 de junho de 2005.
Bento XVI o beatificou em 1º de maio de 2011 e ele foi canonizado pelo Papa Francisco em 27 de abril de 2014, junto com São João XXIII.
São João Paulo II liderou o terceiro pontificado mais longo nos mais de 2.000 anos de história da Igreja, realizando 104 viagens apostólicas fora da Itália e 146 nesse país.
Promoveu as Jornadas Mundiais da Juventude nas quais se reuniu com milhões de jovens de todo o mundo e inaugurou os Encontros Mundiais das Famílias.
Fonte: Blog Angicos News.

0 comentários:

Postar um comentário

MENSAGEM DE GRIMALDI E FAMILIA

MENSAGEM DE GRIMALDI E FAMILIA

Patrocinador

Patrocinador
Teodoro Guincho. Assistência 24 horas. contatos: (84) 9 9965 - 1032/ 9 9425 - 0377

Patrocinador

Patrocinador
Terra-Bit

Total de visualizações

Arquivo do blog

Seguidores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *