domingo, 3 de abril de 2016

FPM: Um total de 100 municípios do país não recebeu transferência financeira em março

Ao término do primeiro trimestre de 2016, os números levantados pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) comprovam que mais de 1.400 cidades do país tiveram algum percentual de repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) retido.

Um dos motivos principais são as dívidas previdenciárias, explica a informação veiculada pela página virtual da entidade municipalista.

A situação mais alarmante ocorre nos municípios que não receberam nenhum repasse decendial do FPM.
No mês de janeiro 48 municípios tiveram 100% dos repasses do FPM zerados, o mesmo aconteceu com quatro municípios em fevereiro.

Já no mês de março, 100 municípios tiveram os seus repasses zerados, revela a Confederação. Na relação de cidades que enfrentaram este tipo de dissabor estão sete do Estado do RN: Alto do Rodrigues, Areia Branca, Extremoz, João Câmara, Pendências, Pureza e São José de Mipibu.

As maiores retenções do primeiro trimestre foram concentradas nos repasses dos primeiros decêndios, responsáveis por 55% do repasse total de cada mês.
Dos 5.568 municípios brasileiros, em média, 750 tiveram 100% do seu primeiro decêndio retido em todos os meses de 2016.

Os municípios que mais são impactados com essas retenções são os considerados de pequeno porte com até 50 mil habitantes que normalmente possuem o FPM como sua maior fonte de receita.

Acesse AQUI a Tabela dos Municípios que tiveram o FPM zerado.

0 comentários:

Postar um comentário

MENSAGEM DE GRIMALDI E FAMILIA

MENSAGEM DE GRIMALDI E FAMILIA

Patrocinador

Patrocinador
Teodoro Guincho. Assistência 24 horas. contatos: (84) 9 9965 - 1032/ 9 9425 - 0377

Patrocinador

Patrocinador
Terra-Bit

Total de visualizações

Arquivo do blog

Seguidores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *