domingo, 20 de dezembro de 2015

Pesquisa mostra que 67% dos brasileiros pretendem quitar dívidas até o final do ano

Pesquisa do Serasa Consumidor revelou que 67% dos brasileiros desejam quitar as dívidas até o final deste ano. A esperança é que os cortes no orçamento e uso do 13º salário ajudem a "limpar o nome" dos inadimplentes. O estudo mostrou ainda que o desemprego é o principal causador da inadimplência no país, apontado como razão do atraso nos pagamentos por 26% dos entrevistados.
O Serasa Consumidor divulgou que parte da motivação dos brasileiros por quitar as dívidas antes do dia 31 de dezembro vem da vontade de renovação, deixando as contas atrasadas no "ano velho". Outra razão é a busca das pessoas por limpar o nome para obter crédito pensando em pagar as despesas que vem no mês de janeiro, como matrícula e material escolar e impostos.
A pesquisa ouviu 8.288 consumidores nas agências da Serasa em todo o Brasil. O estado de São Paulo apresentou o maior percentual de pessoas com intenção de quitar as dívidas até o ano novo, com 72% dos consumidores. Já o desemprego foi apontado como causa da inadimplência por 34% dos paulistas, índice acima da média nacional.
Com 17% das respostas da pesquisa, o descontrole financeiro foi o segundo maior causador da inadimplência. Em terceiro lugar vem o esquecimento de pagar as dívidas (7%), seguido pelo o empréstimo do nome para terceiros (7%) e pelas despesas extras com serviços, educação e saúde (7%).
Um dado preocupante revelado pela pesquisa foi de que a sexta maior causa de inadimplência no Brasil é a aplicação de golpes financeiros contra os consumidores, apontada por 5% dos participantes. De acordo com o Serasa, em média, a cada 14,8 segundos, uma pessoa está sujeita a uma tentativa de fraude no país.
A alta dos preços dos produtos foi a justificativa dada por 5% dos inadimplentes e a diminuição da renda pessoal e/ou familiar também foi a causa do endividamento de 5% das pessoas. Atraso de salários e doença e/ou morte na família foram causadores de 3% cada pelo não pagamento de dívidas. Os 15% restantes dos consumidores ouvidos não conseguiram identificar o motivo do seu endividamento, não souberam ou não quiseram responder.
Especialista dá orientações para evitar endividamento e planejar pagamento de débitos
Entre os conselhos para que as pessoas evitem problemas com o endividamento, a especialista em relações com os consumidores da Serasa, Karla Longo, ressalta a importância do planejamento financeiro e análise detalhada das dívidas. Outro cuidado necessário é a atenção com a transferência da dívida entre instituições.
"Na ânsia de sanar o orçamento, o inadimplente não deve ser seduzido por propostas milagrosas, que prometem a retirada do nome do cadastro por meios não convencionais. Há casos de empresas que se oferecem como intermediárias para a renegociação da dívida, cobrando pelos serviços, o que aumenta o valor da dívida. Isso quando não desaparecem sem fazer a quitação do débito", afirma.
A especialista acredita que uma boa alternativa para os consumidores é buscar uma renegociação da dívida direto com a empresa credora, se possível baixando os juros e até parcelando o valor devido. Entretanto, uma vez negociado, é essencial que o acordo seja cumprido.
Consumidores inadimplentes podem recorrer ainda ao serviço Limpa Nome Online, no site do Serasa Experian (www.serasaconsumidor.com.br/limpa-nome-online), onde é possível renegociar dívidas com empresas de diferentes setores cadastradas.


0 comentários:

Postar um comentário

MENSAGEM DE GRIMALDI E FAMILIA

MENSAGEM DE GRIMALDI E FAMILIA

Patrocinador

Patrocinador
Teodoro Guincho. Assistência 24 horas. contatos: (84) 9 9965 - 1032/ 9 9425 - 0377

Patrocinador

Patrocinador
Terra-Bit

Total de visualizações

Arquivo do blog

Seguidores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *